Revolução dos robôs?

NOTA 5,0

Atualmente, vivemos em uma realidade em que a tecnologia está fortemente presente no dia-a-dia dia a dia da maioria das pessoas. Com um crescimento efusivo e repentino, tornou-se necessário tal beneficio benefício na sociedade. Mas até que ponto ela é benéfica?

Estudos da Universidade de Oxford indicam que 47% dos empregos no Estados Unidos estavam ameaçados pelo avanço da robótica. Outro estudo similar se confirma confirma, no Reino Unido, e isso nos leva a questionamentos sobre nosso futuro. Com a inserção de robôs no mercado de trabalho, é certo o aumento do desemprego, comprovado por pesquisas, e aumentaria o nível de exigência profissional para as vagas que exigiriam trabalho e decisões mais "humanizadas", que ficariam em aberto para disputa.

Além de que aumentaria disso, aumentariam as desigualdades sociais, pois mais uma vez as empresas sairiam em vantagem, enquanto o proletariado sofreria as consequências do capitalismo exacerbado.

Porém, se ainda houverem duvidas houver dúvidas, basta lembrar-se do caos e aumento estrondoso da pobreza que ocorreu na Revolução Industrial, que que, mesmo nos trazendo benefícios atualmente, teve suas consequências ruins. Basta imaginar uma "Revolução dos Robôs" na nossa realidade atual: máquinas absurdamente mais sofisticadas que as daquela época. O caos seria bem pior.

Comentário geral

Texto razoável, embora a argumentação, em termos de conteúdo e de realidade histórica, deixe a desejar. O autor mistura o presente com o futuro próximo, apresenta pesquisas e depois diz que os fatos são comprovador por... pesquisas, fala de consequências boas e ruins da Revolução Industrial, provavelmente a primeira, mas não dá sequer um exemplo disso. De qualquer modo, o texto se desenvolve de acordo com uma estrutura dissertativa e o autor argumenta em favor de seu ponto de vista, o que é positivo, mesmo que a argumentação e a conclusão estejam misturada.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) A evolução da tecnologia não foi propriamente repentina. b) Se a tecnologia é apresentada como um benefício necessário, a questão não é se ela é benéfica. O que o autor parece querer dizer é que, aparentemente, ela é benéfica, mas será que ela traz somente benefícios ou há malefícios que se escondem por trás da aparência benéfica?

2) Segundo parágrafo: a) estavam, no pretérito imperfeito, não reflete o que a pesquisa demonstra. b) Outro estudo similar não se confirma: outro estudo mostra dados semelhantes. c) Se já foram apresentadas as pesquisas que confirmam os fatos, não é necessário dizer que os fatos são confirmados por pesquisas.

3) Terceiro parágrafo: deve-se ter cuidado ao usar categorias sociológicas, que perdem a validade e se tornam clichês, quando são apresentadas de um modo simplista, como é o caso aqui.

4) Quarto parágrafo: além de não estabelecer quais foram os benefícios e malefícios da primeira revolução industrial, o autor parece desconhecer que o que acontece agora é chamado de quarta revolução industrial e que se trata de um desenvolvimento da primeira. Por que suas consequências seriam caóticas? O autor não diz. O texto termina de modo inconclusivo.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,5
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 1,0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 5,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos