Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Agosto/2019 Criptomoeda: tecnologia e revolução econômica

Redação corrigida 440

Revoluções necessárias

Inconsistente Erro Correção

Uma revolução que nasceu na cidade da Lídia, no século 7 a.C., onde hoje se localiza a Turquia, vinha ao mundo nossa primeira moeda, usada no comercio comércio como forma de troca e aquisição de bens materiais para população da época. Hoje, no século 21, a história se repete e uma nova forma de comercio comércio se constrói através de uma moeda pioneira, a criptomoeda. Esta Essa, que poderia ser a resposta para problemas antes enfrentados, aterroriza os bancos e as formas estatais de controle econômico. Seria o nosso instinto engenhoso mais uma vez mirando para uma evolução necessária?

Já se provou que quando a economia se encontra nas mãos de órgãos de poder, casos de corrupção e lavagem de dinheiro público são evidentes e presentes, mesmo em países de grande escala de desenvolvimento. Problemas como este esse poderiam ser evitados com o uso das criptomoedas, visto que seu controle é descentralizado e estaria a salvo da política protecionista de emissão que os países exercem.

Segundo o escritor Oscar Wilde: "O primeiro passo é o mais importante na evolução de uma nação" e a implementação da criptomoeda, sendo esse "passo" "passo", poderia viabilizar uma forma mais livre de comercio comércio, livre de taxas e totalmente pessoal aos usuários, unindo assim nossa forma de comprar a à forma como nossa tecnologia deve se comportar, viável e criptografada.

Conclui-se que sempre existirão revoluções necessárias, assim como aconteceu na época das majestosas pirâmides, deve-se pirâmides. Deve-se perceber a necessidade de uma nova posição quanto à forma de administrar a economia mundial. Através de implementações de sistemas que aceitem as moedas em estabelecimentos e locais públicos, a população vai conscientizar-se de como funcionam as moedas e o uso vai se tornar monótono, assim como as moedas de estanho na Lídia do século 7 a.C.

Comentário geral

Infelizmente, o texto é fraco. O autor recorre a uma introdução histórica incompleta e desnecessária para dizer que as criptomoedas são uma "revolução necessária". Qual o sentido do adjetivo "necessária" aí? O que seria uma revolução desnecessária?

Competências

  • 1) O texto começa com um período sem o verbo da oração principal, o que torna essa declaração, no mínimo, confusa. Mas, talvez, mais do que problemas de sintaxe, seja a escolha de vocabulário que prejudique mais as declarações que o autor tenta fazer. Por exemplo, o uso incorreto de "monótono" ou o uso de expressões vagas como "órgãos de poder". Sem falar no uso redundante de "moedas" no lugar de "criptomoedas" no último parágrafo.
  • 2) A abordagem do tema é inadequada: o autor tenta exibir conhecimentos históricos e literários desnecessariamente. Entre a conhagem das primeiras moedas de metal na antiguidade e as criptomoedas muitos outros fatos relevantes à história monetária aconteceram. Como as pirâmides se comparam às criptomoedas? A citação de Wilde é feita só para dizer que as criptomoedas são um "primeiro passo" numa nova forma de comércio descrita confusamente.
  • 3) A argumentação é confusa. Em nenhum momento fica claro o que o autor chama de "revolução necessária". Há equívocos conceituais como "política protecionista de emissão que os países exercem", cujo significado é obscuro. Enfim, parece que o autor vê positivamente as criptomoedas, mas não sabe dizer claramente o que o leva a tomar essa posição.
  • 4) O texto também deixa a desejar quanto a coesão desde o primeiro parágrafo, que termina com uma pergunta que não só não faz sentido, como também não é respondida nos parágrafos seguintes.
  • 5) O período final do último parágrafo, assinalado em vermelho, em que o autor repete três vezes a palavra "moeda" no lugar de "criptomoeda" acaba com um disparate ao afirmar que seu uso vai se tornar "monótono", quando o autor quer dizer que seu uso vai se tornar "corriqueiro", "trivial", "banal".

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 80
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 80
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 80
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 80
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 120
Nota final 440

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.