Robôs X Humanos

NOTA 8,0

A tecnologia avança significamente a cada ano. Há indústrias que utilizam robôs para realizarem tarefas antes feitas pelo ser humano. Esse fato está ocorrendo com frequência, pois os robôs são capazes de realizar com maior produtividade e rapidez tais trabalhos. Esse assunto gera polêmicas e traz a dúvida se se, com o amento da utilização da robótica nas indústrias indústrias, a taxa de desemprego aumentará.

Infelizmente as pesquisas apontam que os empregos poderão diminuir. Um estudo realizado em 2013 pela Oxford University aponta mostra que 47% dos empregos nos Estados Unidos poderão ser ameaçados pelos robôs. Essas máquinas máquinas, criadas para facilitar a vida humana humana, podem tomar o emprego de muitos.

Grande parte da população se preocupa em perder o emprego, mas isso dependerá da área de atuação de cada um. Áreas de transporte, vendas, vendas e fabricação são atividades com maior risco dos de os humanos serem trocados por robôs. Pode-se perceber que os trabalhos que tem têm a maior possibilidade de se substituir são os aqueles em que não são fundamentais a presença de um ser humano para ser realizado sua realização.

Portanto, para que muitos não percam seus empregos empregos, é necessário incentivar as pessoas para que ampliem seus estudos em áreas que não correm o risco de serem afetadas, também ser afetadas. Também seria interessante criar-se criarem-se cursos para capacitação dos trabalhadores para a em manutenção dos de robôs, diminuindo assim o impacto que será causado se isso vier a ocorrer.

Comentário geral

Texto muito bom, apesar de apresentar uma argumentação um pouco simplista, que denota, talvez, certa imaturidade do autor, o que, por sua vez, não lhe permite um aprofundamento nas diversas consequências do tema da redação. Particularmente, quando fala nas áreas afetadas pela robótica, o autor apresenta uma visão restritiva ou reducionista. Não são só motoristas, vendedores e operários que sofrem a ameaça de perder o emprego e, de resto, a quarta revolução industrial não se limita à robótica. Independentemente disso, a redação está muito bem escrita, com problemas de linguagem de pouca gravidade. O autor soube ser claro e apresentar seu ponto de vista, numa estrutura dissertativa-argumentativa impecável. Além disso, o parágrafo conclusivo apresenta o grande insight de sugerir que os interessados se especializem em manutenção de robôs.

Aspectos pontuais

Nada a ser apontado, pois os problemas de linguagem que existem foram corrigidos em verde.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,5
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 1,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 2,0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 2,0
Nota final 8,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos