Saindo à francesa

NOTA 6,0

Diante do atual cenário político do Brasil, vem se tornando cada vez mais frequente por parte de criminosos, cujos que desviaram bilhões dos cofres públicos, a utilização do benefício da delação premiada, que por alguns é visto como um ato antiético. Contudo Mesmo assim, tais delatores buscam o utilizam para buscar uma redução na pena de seus crimes praticados pelos seus crimes.

Também conhecida conhecido como Colaboração Premiada colaboração premiada, o termo Delação Premiada delação premiada tornou-se cada vez mais presente nas manchetes dos principais veículos de informação do país, com isso, país. Com isso, surgiram várias opiniões a favor deste recurso desse recurso, por tratar-se se tratar de uma confissão e de esclarecimento de fatos desconhecidos, e opiniões contrárias, porque fere a ética e a moral entre os comparsas por ferir a ética, uma vez que os comparsas são traídos.

Os investigados têm o direito constitucional ao silêncio e a delação serve como um incentivo para que se fale a verdade e que fatos não sejam omitidos verdade, sem que fatos sejam omitidos. Uma vez que sua declaração seja considerada como falsa, ou se for observado que houve omissão, perde-se o benefício do acordo. Buscando maior êxito no andamento das operações, o Estado deve velar pelas relações jurídicas e não pela moral entre os comparsas, pois não faz sentido colocar um vínculo moral entre os comparsas de um crime em detrimento da própria lei.

Por isso, delação premiada é um ato legítimo legítimo, pois é uma confissão e deve se tornar um recurso cada vez mais explorado. Entretanto, deve-se cobrar provas da parte do delator, para que com isso este esse recurso seja utilizado de forma benéfica e não caia no desprestígio da população.

Comentário geral

Texto razoável, que poderia ser melhor se o autor não se repetisse na introdução, inserisse corretamente seu argumento no conjunto do texto e concluísse de acordo com esse argumento, que é o seguinte: a responsabilidade do delator diante do Estado é mais importante do que a ética entre ele e seus comparsas. Em termos de linguagem há uma quantidade significativa de problemas pontuais, que ajudam a puxar a nota para baixo. O texto como um todo, contudo, supera a nota média, pela clareza e a consistência da argumentação. Já o título é um verdadeiro enigma.

Aspectos pontuais

1) Primeiro e segundo parágrafos: as expressões quase idênticas, assinaladas em vermelho, demonstram que no começo do segundo parágrafo o autor praticamente repete as ideias do primeiro, fazendo pela segunda vez uma introdução ao tema.

2) Segundo parágrafo: a) em primeiro lugar, o adjetivo conhecido se refere ao substantivo termo e deve concordar com ele. b) O nome legal do recurso é colaboração premiada, é ele que consta no texto da lei 12.850/13.

3) Segundo e terceiro parágrafos: o autor usa três vezes a palavra comparsa, o que denota pobreza de vocabulário.

4) Quarto parágrafo: a) Não é o fato de ser uma confissão que legitima a delação premiada. É o fato de o criminoso cooperar com o Estado e ajudar a descobrir o crime todos os envolvidos com ele. b) No final, o autor perde completamente o foco: basicamente, o delator só pode oferecer como prova o seu testemunho (que será cruzado com outros); evidentemente, a Justiça não pode usar a delação premiada de modo maléfico; finalmente, para fins jurídicos, não conta o prestígio/desprestígio da população no tocante ao uso da colaboração premiada.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,5
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 1,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 1,0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,0
Nota final 6,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos