Topo

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Janeiro/2019 O Brasil e os imigrantes no mundo contemporâneo

Redação corrigida 380

Século XXI: o Brasil e o novo panorama da imigração

Inconsistente Erro Correção

Nos últimos anos a mídia mostrou uma mudança no cenário mundial alarmante uma mudança alarmante no cenário mundial, milhares de pessoas pessoas, em todas as partes do mundo mundo, fugindo dos seus países para procurar uma vida um pouco melhor e mais segura em outros países lugares.

Essa situação sempre ocorreu, sempre ouvimos falar aqui na América dos imigrantes que tentam entrar nos Estados Unidos pela fronteira com o México, mais mas aqui tomamos conhecimento da onda de imigração do Oriente principalmente para países da Europa, pelo desespero com que essas pessoas tentam buscar uma oportunidade se arriscando, sempre se é noticiado são noticiados os mortos nessas tentativas, inclusive não se pode esquecer da foto daquela criança morta na praia que se tornou um símbolo triste dessa situação.

Esse novo panorama também tem afetado a América, o Brasil também tem sido alvo de um fluxo grande de imigrantes entrando ilegalmente, alguns países da América tem sofrido com grandes crises, guerras civis, catástrofes naturas naturais, com isso a imigração se tornou um problema com de difícil solução, temos por exemplo o caso dos haitianos que entraram no país pelo Acre de forma ilegal, deixando o Estado numa situação caótica, pois não tinha estrutura para receber esses imigrantes. Também temos o casos dos venezuelanos que estão vindo para o Brasil fugindo da crises no seu país.

O Brasil e é conhecido como pacifico pacífico, não temos guerras civis, pelo menos não declaradas abertamente, somos um país hospitaleiro, mais mas o fato e é que não temos estrutura para receber tantas pessoas, temos graves problemas internos: corrupção, violência, saúde precária, educação deficiente, falta de empregos, serviços básicos que estão em colapso e que não conseguem atender nem nossa população, quanto mais ajudar e atender as necessidades dessas pessoas.

O Brasil tem que colaborar de alguma forma para ajudar essas pessoas, diplomaticamente, ou até mesmo financeiramente, apesar da crise na nossa economia, mais mas não adianta bancar o generoso se não consegue resolver primeiro os problemas internos mais graves.

Comentário geral

O texto começa bem: o primeiro parágrafo dá a impressão que se vai ler uma dissertação argumentativa. No entanto, tudo se perde a partir do segundo parágrafo, onde problemas de linguagem e desorganização de ideias obrigam a marcar de vermelho tudo o que foi escrito, para mostrar que nem sequer é possível corrigir o texto como um todo, devido, principalmente, a um uso incorreto da pontuação, em que o autor abusa das vírgulas e economiza os pontos finais.

Competências

• 1) Infelizmente, em termos de linguagem, o texto deixa muito a desejar: exceto no primeiro parágrafo, o autor dá uma clara demonstração de que não sabe, minimamente, as regras de pontuação. Por isso, o texto é confuso. A pontuação incorreta impede que se separem as ideias e que se estabeleça uma hierarquia entre elas.

• 2) Pode-se dizer que o autor tem alguma compreensão do tema, mas o analisa de maneira caótica, despejando no papel tudo que lhe vem à mente, como se bastasse uma grande quantidade de fatos para demonstrar o seu ponto de vista. Ponto de vista que, por sinal, também é confuso: afinal, o autor opta por um meio termo entre acolher e rejeitar os imigrantes.

• 3) Graças à pontuação mal-empregada e ao grande fluxo de fatos que o autor despeja no papel, não se pode dizer que há uma linha de raciocínio no texto. Um elemento que evidencia essa confusão está no fato de dizer, no segundo parágrafo, que a imigração “sempre” ocorreu e depois caracterizá-la como uma “nova situação”. Como “nova”, se ela existe desde “sempre”?

• 4) O autor não demonstra domínio dos recursos que a linguagem tem para tornar seu texto coeso e coerente. Vai despejando suas ideias, num fluxo verborrágico, e deixando ao leitor a obrigação de tentar compreender o que ele diz.

• 5) O que é “ajudar diplomaticamente”? O que o autor está querendo dizer com essa expressão? Independentemente disso, o parágrafo beira a contradição propondo que o Brasil acolha os imigrantes, mas nem tanto.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 80
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 120
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 80
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 80
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 20
Nota final 380

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.