(Sem título 090)

NOTA 3,5

Mais um ano se passou, e passou e o que ele nos deixa? Uma grande dor de cabeça, o mosquito Aedes Aegypti, quem aegypti, que tem se alastrando cada vez mais, causando grandes danos ma à saúde da nossa população.

Recentemente a doença que mais vem causando pânico, é pânico é a microcefalia, que ataca mulheres gestantes, levando a mal à má formação do cérebro do bebê. Assunto que é motivo de vergonha para nós brasileiros, em pleno século XXI, epidemias como está esta atacarem grandes centros urbanos, uma falta de respeito tremenda, até quando iremos sofrer com os descasos de nossos políticos?

Fato é que uma atitude precisa ser tomada rapidamente, pois os números de casos dessa nova doença vem crescendo dia após dia.

Enquanto nossos superiores não tomam atitudes eficientes, temos que ter uma atenção redobrada, colaborando totalmente para que esse mosquito tão perigoso não se alastre ainda mais.

Comentário geral

Texto fraco. Em termos de conteúdo, é bastante superficial, limitando-se a expor alguns fatos evidentes, sem refletir sobre eles, nem muito menos argumentar em defesa de um ponto de vista. Em termos de linguagem, é totalmente informal e está distante da norma culta. Para piorar, o desenvolvimento fica muito prejudicado pelo trecho em vermelho no segundo parágrafo, que tem sintaxe truncada e confusa.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) A passagem do ano propriamente dita não é responsável pela proliferação do mosquito. b) Uma epidemia é mais do que uma simples dor de cabeça. A expressão é inadequada para dar conta da realidade. c) Grandes danos é vago demais. Quais são esses danos?

2) Segundo parágrafo: o trecho em vermelho é muito confuso. Em um único período, o autor tenta dizer tanta coisa que acaba tropeçando na sintaxe. Há erros crassos de concordância, acentuação e pontuação. De resto, em vez de analisar as causas do problema, como requer a proposta, limita-se a expressar a indignação do autor.

3) Terceiro parágrafo: Não se trata de tomar atitudes, mas de realizar ações. De resto, a sugestão é genérica demais. O governo agir e a população colaborar são soluções que podem servir para uma enorme variedade de problemas.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,0
Nota final 3,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos