Topo

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez

REDAÇÕES CORRIGIDAS - Fevereiro/2016 A tecnologia e a eliminação de empregos

Redação corrigida 200

(Sem título 093)

Erro Alteração Correção

As maquinas, máquinas estão tirando inúmeros empregados de seus devidos empregos, nos três setores da economia, com máquinas agrícolas, máquinas industriais e caixas automáticos; entretanto as mesmas são benéficas para um aumento da produção e possivelmente para gastos reduzidos em relação a à mão de obra humana.

Apenas uma máquina é capaz de substituir centenas de funcionários, a mesma não reclama com o chefe, porem porém, não tem ideia para melhorar o processo. Já o empregado pode ter uma ideia que facilite o processo de produção ou que melhore o produto, mas não acompanha a produção de uma máquina. Caso houver um número elevado de maquinas máquinas comparado ao número de mão de obra humana haverá desemprego acarretando problemas no consumo.

Muitos se fizeram a pergunta: ‘‘meu emprego está em risco por causa da tecnologia?’’ há muito tempo atrás tecnologia”, há muito tempo, com a invenção da máquina a vapor, mas o que ocorreu foi um grande avanço e a criação de novos empregos diretos e indiretos logo após indiretos. Logo após, chegou a máquina a combustão e aconteceu o mesmo.

É louvável tentar um equilíbrio com a mão de obra humana e a tecnológica, nunca perdendo o foco de conseguir aumentar a produção e continuar o consumo em massa assim massa. Assim, o avanço chegará.

Comentário geral

Texto fraco, com uma reflexão superficial sobre o tema e uma grande quantidade de equívocos, sem falar em contradições. Não segue a estrutura dissertativa, já que não apresenta uma linha de raciocínio, mas reflexões avulsas e mal expressas sobre o tema. A linguagem, quando muito, tenta se afastar da norma coloquial, rumo à norma culta, mas não consegue atingi-la. Para piorar, o final é inconclusivo.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) Como assim devidos empregos? Por que os empregos são devidos? b) É uma incompreensão do tema limitar a quarta revolução industrial ao surgimento de máquinas. c) Também é simplista a enumeração dos três setores da economia e suas respectivas máquinas. d) Uso vicioso de mesmo/mesma. Veja o uso correto aqui. e) Mão de obra é uma expressão relacionada basicamente ao trabalho humano. É uma redundância falar em mão de obra humana. Vá lá, não é um erro, mas vai se somando a outros problemas do texto, até porque a expressão é usada várias vezes.

2) Segundo parágrafo: a) Novamente se usa a mesma incorretamente. b) Que processo? É preciso complementar o termo. Falar em processo produtivo, por exemplo. c) Deixando de lado expressões coloquiais inadequadas, há problemas de raciocínio aqui, já que o aluno fala que a tecnologia vai produzir desemprego e, no parágrafo seguinte, sugere que não, uma vez que isso não ocorreu nas revoluções industriais precedentes. d) Considerar que o desemprego é problemático por acarretar problemas no consumo é demonstrar uma compreensão mal formada do problema.

3) Quarto parágrafo: a) Não se trata de ser ou não louvável, a discussão não é sobre louvores. b) Por avanço, aparentemente, o autor quer dizer progresso.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 50
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 50
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 50
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 50
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0
Nota final 200

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

Outros temas