Senhor Senador,

NOTA 4,0

Senhor Senador,

A ciência que circunda os OMGs faz parte de uma área de pesquisa incrível. Ela continua inovando e proporcionando recursos que muito agrega agregam à sociedade. Entretanto sua atuação no âmbito alimentício não é vista com bons olhos e produtos em que sua presença seja maior ou igual a 1% recebem um triangulo amarelo. Símbolo este, que amarelo, símbolo esse que desvaloriza os transgênicos como um todo, mas é de extrema importância para o consumidor.

A negatividade que acompanha o adjetivo é advinda do temor e especulação das prováveis consequências que o consumo de alimentos geneticamente mutados modificados poderiam trazer ao corpo. Dentre elas o câncer. à saúde, entre as quais está o câncer.

A modificação genética tem se mostrado perfeitamente eficaz ao longo dos anos no que tange a à produção alimentícia, seja no uso de enzimas para a coagulação de laticínios ou no aprimoramento das características de frutos e vegetais nos seus ciclos de cultivo. Porém Porém, um parêntesis precisa se aberto, ser aberto: devido a sua pluralidade os transgênicos, possuem pluralidade, os transgênicos possuem dentre eles um cultivo que conserva alta resistência contra herbicidas. Característica herbicida, característica que não tem se mostrado útil a longo prazo prazo, pois as ervas daninhas têm se adaptado aos herbicidas, o que resulta num uso potente. Não obstante este é o transgênico mais presente em lavouras atualmente.

Por isso em meio a uma extensa lista de produtos que se esquivam omitem com embalagens coloridas e letras minúsculas a presença do famigerado triangulo triângulo, esse é de grande necessidade para a informação do consumidor, e mesmo consumidor e, mesmo que a maioria destes consumidores deles prefira se manter alheia a estas informações essas informações, é importante que o princípio da clareza seja mantido.

Comentário geral

Texto regular. No geral, o autor entendeu a proposta, mas nota-se que ele não entendeu ou não soube expressar com precisão as informações apresentadas na coletânea. Além disso, no que se refere à forma de uma carta, o autor a vai perdendo de vista entre o início e o fim do texto, que termina abruptamente, sem nenhuma referência ao senador-destinatário.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) por que usar expressões metafóricas inusitadas como a ciência que circunda? Por que não falar simplesmente em ciência sobre os OGMs. Detalhe, o tema não são os OGMs, mas os transgênicos. b) Incrível ou não incrível não vem ao caso. Isso é um juízo de valor. O autor deveria apresentar fatos. c) Por que o símbolo desvaloriza os transgênicos? Por que ele é importante para o consumidor?

2) Segundo parágrafo: a) que adjetivo? O autor tem de explicitar?

3) Terceiro parágrafo: a) frutos são vegetais. Talvez o autor se referisse a frutas e verduras. b) O parágrafo termina mal: o autor não consegue se expressar de modo coerente com a realidade dos fatos que tenta apresentar. Incorre em confusão e ambiguidade.

4) Quarto parágrafo: mais uma vez, o autor apresenta uma realidade, que não está em questão. Não há, pelo menos ainda, embalagens que omitam a presença de transgênicos. O que está em discussão é a possibilidade de fazê-los em produtos com porcentagem inferior a 1% de componentes transgênicos. Melhor seria falar em princípio da transparência, não da clareza.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,0
Nota final 4,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos