Sonho americano

NOTA 3,5

A peça teatral: “sonho teatral “Sonho americano” está sendo encenada novamente, cujos brasileiros são os protagonistas tendo, agora, os brasileiros como protagonistas.

A corrupção corrupção, somada a à falta de desemprego emprego, saúde, segurança e, principalmente, educação educação, faz com que a população brasileira fique refém de um pais país despretensioso, sem previsão de crescimento, desfazendo sonhos de muitos brasileiros que sonharam seus sonhos com um pais país promissor, deixando-os sem perspectivas de vida e, consequentemente, fazendo-os buscar novos horizontes.

Uma pesquisa do Data Folha tem mostrado Datafolha mostrou que, atualmente, pessoas entre 16 e 24 anos, estão de malas prontas a fim de deixar seu berço, tentando desbravar nossas novas terras. Entretanto, essas pessoas, na maioria dos casos, associam países de primeiro mundo como sendo com uma válvula de escape da realidade em que se encontram, achando que será um mar de rosas ao desembarcarem numa nova jornada que, às vezes, nem sempre é assim, há dificuldades, tanto econômica quanto cultural: linguagem, adaptação, preconceito, etc. Não seria diferente das barreiras encontradas por aqui.

O fato é que, historicamente, nosso país foi um pais país de imigração recebendo pessoas de todo canto do planeta, desde Portugueses a Japoneses portugueses até japoneses. Estes Esses viram aqui uma oportunidade de crescimento. Por outro lado, é nítida e agoniante a crise brasileira, também pudera: em um pais país com uma grande potencialidade econômica, petrolífera e turística, que está sendo utilizada de forma incorreta, associado a uma má distribuição dela, faz com que qualquer um que queira mudanças, mude de ideia e deixe o seu pais país.

Portanto, é preferível criar expectativas aqui a fantasiar ilusões lá. Se aqueles imigrantes viram um potencial econômico aqui, fazendo com que busquem melhores condições de vida, então é por que o Brasil, pode Brasil pode, sim, torna-se tornar-se uma potência mundial, e assim, inverter completamente o cenário atual, fazendo com que eles sejam os novos protagonistas da nova peça teatral: “sonho brasileiro”.

Comentário geral

Texto bastante confuso, em termos de conteúdo, principalmente. A começar pela ideia de "sonho americano", que o autor não explica muito bem e nem insere no contexto da redação. Em seguida, o autor mostra como a realidade do Brasil de hoje deixa os brasileiros desesperançados e querendo emigrar. A partir daí, ele passa a tratar de um tema que não é o da proposta: a realidade da emigração é diferente do "sonho", do que ele conclui que é preferível ficar aqui e transformar o Brasil numa "potência mundial", invertendo a tendência emigratória e criando um "sonho brasileiro". Se, efetivamente, emigrar fosse pior do que permanecer no país, a vontade de emigrar não teria atingido os patamares que atingiu.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) O que o autor entende por "sonho americano"? Ele não diz. A expressão designa o desejo de ter uma vida estável e próspera. Isso vale para os americanos e para os estrangeiros em geral. Não são apenas os brasileiros que estão protagonizando esse sonho agora, vários outros latino-americanos também estão.

2) Segundo parágrafo: é personificar demais o país dizer que ele é "despretensioso", qualidade que se aplica a seres humanos e não a entidades abstratas como uma nação.

3) Terceiro parágrafo: a) a pesquisa não mostrou que as pessoas estão de "malas prontas", mas que elas gostariam de emigrar. "Berço" é uma metáfora deslocada e desnecessária. b) A expectativa de quem emigra não é achar uma "válvula de escape" ou um "mar de rosas". O emigrante sabe que vai enfrentar muitos problemas, mas também sabe que com trabalho duro pode alcançar a prosperidade, em países onde os serviços públicos (segurança e saúde) são melhores.

4) Quarto parágrafo: a) não existe a palavra "agoniante". b) a enumeração "econômica, petrolífera e turística" se resume a "econômica" que abrange os outros dois termos. b) O autor se repete: os problemas do Brasil é que fazem os brasileiros quererem emigrar.

5) Quinto parágrafo: a conclusão não decorre das premissas. Não há argumentos que mostrem que é preferível tentar melhorar o país do que emigrar. Os imigrantes que vieram para cá vieram em outra época histórica. Não é porque imigrantes vieram no passado que o Brasil tem futuro. Justamente, a proposta da redação considera duas realidades diferentes do Brasil, o que o autor não parece ter entendido.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,5
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,0
Nota final 3,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos