Terceirização: avanço ou retrocesso?

NOTA 2,5

Em vista dos argumentos apresentados, a Terceirização terceirização é um dos primeiros acontecimentos políticos em nossa sociedade. Diante disso podemos caracterizar caracterizá-la como um modelo de gestão e organização administrativa que permite que em um determinado serviço seja executada executado por terceiros, onde que terão autonomia técnica e jurídica.

A terceirização pode ajudar a recuperação econômica, pois otimizará os custos de produção, além de aumentar postos de trabalho, gerando mais riquezas. "A A Pesquisa Mensal de Empresa (PME 2003-2012) do IBGE diz que hoje a terceirização de serviços desponta como a principal razão para o aumento no emprego com carteira assinada no Brasil". Portanto Brasil. Portanto, a terceirização interfere na forma de como pela qual as empresas se relacionam com os trabalhadores. Define, por exemplo exemplo, se os trabalhadores precisam ser contratados com carteira assinada, se podem ser contratados como prestadores de serviço ou se podem ser substituídos por uma empresa que tem seus próprios funcionários e oferece o mesmo serviço.

Em virtudes dos fatos mencionados mencionados, é imprescindível que todos se conscientizem de que a terceirização é uma opção de avanço para a nossa sociedade, onde pois irá reduzir os custos e apresentará benefícios para o desenvolvimento de um determinado negócio dos negócios em geral. Com base nesse contexto contexto, a qualidade, a seriedade empresarial, a saúde financeira e o compromisso com o trabalhador são alguns fatores que não podem ser negligenciados pelo tomador ao avaliar a parceria que vai estabelecer com a prestadora de serviços.

Comentário geral

 

Texto muito fraco, que começa de um modo completamente absurdo: em vista de que argumentos apresentados o autor pode estar falando, se ele começou a redação com essa frase e nada apresentou antes dela?! O segundo parágrafo começa bem expondo um fato (a pesquisa do DIEESE) relevante sobre o tema, mas acaba se perdendo, pois o autor usa o fato não para apresentar sua tese. Simplesmente resolve definir o que é terceirização e o que ela envolve. Isso deveria ser a introdução do texto. A conclusão surge do nada, pois o que foi mencionado anteriormente não comprova que a terceirização é um avanço só por gerar empregos. Igualmente, a conclusão não decorre das inexistentes premissas anteriores. Apenas expressa, sem justificar, a opinião do autor sobre a terceirização, opinião que ele julga de tal modo correta que afirma ser imprescindível que todos tenham consciência dela.

 

Aspectos pontuais

 

1) Primeiro parágrafo: a) já foi apontado o começo absurdo (Em vista dos argumentos apresentados), mas cabe notar que o autor usa fórmulas semelhantes duas vezes no último parágrafo (Em virtudes dos fatos mencionados e Com base nesse contexto). O problema é que são fórmulas vazias: não há fatos nem argumentos em virtude dos quais o leitor possa extrair uma conclusão). b) A terceirização é um dos primeiros acontecimentos políticos da nossa sociedade? Como assim? O primeiro acontecimento político do Brasil foi a criação do governo geral, em 1549. Entre isso e a terceirização, uma quantidade enorme de eventos políticos foram formando a História do Brasil. c) De onde o autor tirou que funcionários terceirizados têm autonomia técnica e jurídica? Por acaso uma recepcionista terceirizada pode ignorar o código de conduta da empresa em que exerce sua função e resolver trabalhar nua? Certamente, ela não tem nenhuma autonomia para fazer isso.

2) Segundo parágrafo: ou o autor não entende o que é terceirização ou não consegue deixar claro o que entende por isso. Trabalhar sem carteira assinada é informalidade, não é terceirização.

3) Terceiro parágrafo: além dos problemas que já foram comentados, a ideia de parceria também não se relaciona propriamente à terceirização. Não dá para usar aleatoriamente a palavra parceria, que define uma relação trabalhista que não é uma forma de terceirização, pois o tema deixa claro que versa sobre um outro tipo de relação trabalhista.

 

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,5
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 2,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos