Topo

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Setembro/2017 Como melhorar a educação, sem valorizar o professor?

Redação corrigida 500

Todos nós sabemos que é impossível melhorar a educação

Erro Alteração Correção

Todos nós sabemos que é impossível melhorar a educação sem valorizar o professor professor, pois ele é a parte mais importante da educação, não educação. Não estamos dando tanta atenção aos professores professores, mas são eles quem forma os advogados, os médicos e os engenheiros. A sociedade não esta está dando muito valor a eles infelizmente estão inclusive infelizmente. Estão, inclusive, maltratando como aconteceu recentemente que recentemente, quando um aluno de 15 anos agrediu a professora em Santa Catarina.

Para o Brasil torna-se tornar-se um país melhor melhor, é necessário investir muito na educação educação, pois ela é a base de tudo, a tudo. A educação do Brasil não é uma das melhores e precisa urgente de uma mudança mudança: só assim o país será melhor, deveríamos melhor. Deveríamos respeitar muito o professor professor, assim como na China que é o país que mais respeita um professor, recebendoChina, país que mais respeita esse profissional e onde ele tem quase o mesmo status de um médico.

A nossa sociedade se dar mais o respeito dá mais respeito a um médico médico, pois acham acha que ele tem mais importância importância, só porque cuidam cuida da saúde e do bem estar bem-estar, mas não param pra para para pensar que que, se não existissem os professores professores, nada disso era possível, o não existiriam médicos. O professor deve ser mais valorizado no Brasil Brasil, devemos tudo a eles mas infelizmente eles, mas, infelizmente, algumas pessoas estão fazendo ao contrário, desrespeitando e agredindo.

O salário dos professores devem deve aumentar muitos pois muito, pois só assim eles serão valorizado valorizados como um médico ou advogado e para advogado. Além disso, quem agredir ou maltratar um professor devera ganhar uma punição deverá receber uma punição, pois só assim ele vai respeitar melhor respeitá-lo mais.

Comentário geral

Texto regular, em que não há, inclusive, problemas pontuais dignos de nora. Todos os erros ou problemas puderam ser solucionados em verde. Não há trechos em vermelho, com que o Banco de Redações registra os erros ou problemas mais graves. Contudo, isso não significa que a redação seja mais do que mediana, uma vez que o autor faz uma reflexão superficial e repetitiva sobre o tema, com coesão suficiente para que seu texto se enquadre no gênero dissertativo. De resto, o texto, substancialmente, se resume a duas ideias: o professor é desvalorizado no Brasil. Para aprimorar nossa educação, devemos valorizá-lo. O texto não tinha título. Para identificá-lo, usamos suas primeiras palavras

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 100
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 100
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 100
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 100
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 100
Nota final 500

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.