Topo

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez

REDAÇÕES CORRIGIDAS - Março/2018 Violência e drogas: o papel do usuário

Redação corrigida 0

Ultimamente temos observado um aumento

Erro Alteração Correção

Ultimamente, temos observado, um aumento Ultimamente temos observado um aumento considerável de adolescentes envolvidos com drogas, e drogas e, o que é mais grave grave, traficando entorpecentes, de maneira desafiadora, demonstrando total desrespeito ao estado de direito, usando armas, atirando contra policia polícia, matando sem piedade, sob argumento que sua punição é diminuta. sob esta Sob essa ótica, tornam-se verdadeiros facínoras, criam quadrihas quadrilhas etc.

No Brasil, país em que o trafico tráfico toma conta de uma parte das grandes metrópoles e em que os usuários de drogas estão por todo lugar, há pessoas que defendem o fato de que essas pessoas pessoas, lá no passado passado, não tiveram uma oportunidade da sociedade para ser “alguém na vida”, já vida”. Já outras falam que isso acontece por influencia influência de amigos, mas o que ninguém fala é que nós aprendemos a ir no mais fácil, me diga, se você ver vir uma moeda de um real no chão e do lado uma sédula cédula de dois reais embaixo de uma pedra, eu você e qualquer outra pessoa vai pegar a moeda primeiro, até parece um modo meio tolo de explicação, mas se parar para analisar reflete bem o que a maioria de nós somos.

Comentário geral

Infelizmente, o texto é muito ruim sob todos os aspectos. A linguagem é totalmente coloquial e não respeita normas básicas de ortografia e pontuação, sem falar em sintaxe, que também não é das melhores. Em termos de estrutura dissertativa, não há nada que avaliar, uma vez que os dois parágrafos são predominantemente expositivos e o argumento que se apresenta no segundo é insustentável: atribuir o problema do tráfico e da violência a uma pressuposta preguiça dos brasileiros é mais do que uma explicação tola: é uma explicação preconceituosa e sem fundamento concreto. Aliás, nem fundamento abstrato, pois o autor não apresentou fatos para comprovar seu raciocínio. Só uma situação hipotética, muito mal explicada. É lamentável, mas se as partes do texto são ruins, o conjunto é pior do que a soma das partes.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) drogas e entorpecentes não a mesma coisa. Não se entende por que o autor as diferenciou. Talvez para não repetir a mesma palavra, mas, para isso, o idioma dispõe de pronomes. b) Ninguém justifica seu crime com o argumento da impunidade. O argumento da impunidade explica porque o Brasil criou um ambiente favorável ao crime. c) Não só sob essa ótica, mas por qualquer outra, criminosos cruéis são facínoras e a criação de quadrilhas é um crime.

2) Segundo parágrafo: a) Quem são essas pessoas? Antes o autor evitou repetir palavras, agora as repete sem deixar claro a que pessoas se refere. b) Ir no mais fácil é linguagem coloquial e não deve ser usada quando se exige a modalidade formal da linguagem. c) Sob a ótica da gramática normativa, a flexão verbal (ver em vez de vir) e a ortografia de cédula, com “s” são erros crassos. d) Não é o leitor que tem de analisar nada. É o autor que tem de esclarecer o seu ponto de vista. Vale notar que esse parágrafo não é a conclusão do texto. É apenas um raciocínio que não é válido, nem sólido.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0
Nota final 0

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

Outros temas