Uma perda histórica para o país

NOTA 0,0

Na noite de domingo domingo, dia dois de setembro de 2018 2018, por volta das 19:30 da noite 19h30, houve um incidente com o Museu nacional do Rio de Janeiro. Dentre tantos motivos relevantes, temos: destruição de fósseis antigos e assim como uma perca para o Brasil.

O Museu foi fundado em seis de junho de 1818, nesse ano completou duzentos anos da sua de existência. Ninguém sabe como começou o incêndio, mas muitos acreditam que seja por conta das afiações fiações, assim como um morador local diz te ter visto um balão caindo no museu que poderia te ter causado o

devido incêndio. Foram perdidas muitas estruturas antigas e também a mais importante as fosseis de luzia importante: o fóssil Luzia.

O que aconteceu com o museu deixou vários brasileiros triste tristes, porém foi uma perda de não só de objetos e sim de lembranças de pessoas importantes que conviveu la , ou seja, a familia Família real e que também foi contestado a independência.

O presidente Michel Temer comentou que foi uma perda incalculável para o país e que foi perdido foram perdidos duzentos anos de pesquisas, assim como o MEC ofereceu ajuda para o que precisar para recuperar o patrimônio histórico do Brasil.

Comentário geral

Infelizmente, o texto é insatisfatório. O autor se expressa muito mal por escrito e comete erros inaceitáveis de gramática (como "perca", "te" e "afiações"), o que só pode resultar em nota zero na competência 1. Além disso, a redação não é dissertativa-argumentativa, mas simplesmente expositiva: desse modo, fica impossível atribuir alguma nota às competências 2, 3 e 4. Para completar o quadro, a exigência da competência 5 não é contemplada.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) Por que falar genericamente em "incidente", quando o que ocorreu foi, especificamente, um incêndio? B) A destruição de fósseis e a PERDA para o Brasil não são motivos, causas do incêndio. São consequências.

2) Segundo parágrafo: contém erros inaceitáveis de ortografia e concordância, além de uso inadequado de vocabulário ("o devido incêndio").

3) Terceiro parágrafo: é uma demonstração de uma compreensão ingênua e equivocada do que aconteceu e do que são museu e patrimônio histórico. A frase final não faz sentido.

4) Quarto parágrafo: a ajuda foi prometida para a recuperação do Museu Nacional, não do patrimônio histórico de um modo geral.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,0
Nota final 0,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos