Topo

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez



REDAÇÕES CORRIGIDAS - Junho/2016 Estupro: como prevenir esse crime?

Redação corrigida 1000

Vamos falar sobre isso até que não aconteça mais

Erro Alteração Correção

No mês de maio deste ano, ocorreu um crime bárbaro que chocou o brasil Brasil provocando as mais diversas manifestações de indignação: o estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos no Rio de Janeiro foi o principal assunto de várias manchetes brasileiras.

Não só o corpo da vítima foi violado por 33 homens como imagens do ato foram registradas e divulgadas nas redes sociais pelos próprios criminosos. Como se não bastasse ter sofrido essa violência, ela foi culpabilizada por muitos através das redes sociais, recebeu milhares de críticas e ameaças de morte vindas de pessoas do país inteiro. É por conta desse tipo de reação que grande parte das vítimas não denuncia os estupros e outros tipos de violência que sofre.

Independentemente do comportamento e da aparência, seja garota de programa, seja promíscua, esteja bêbada, esteja sozinha com vários homens em um quarto, nada, absolutamente nada vai justificar uma violência. Infelizmente, quando um estupro acontece, a primeira coisa que se que passa pela cabeça das pessoas é se questionar se a vítima está falando mesmo a verdade? Certamente não é o que ocorre com outros crimes, a não ser que você duvide toda vez que alguém afirma ter sido vítima de um assalto. A resposta é simples: por conta da cultura do estupro, que é muito enraizada na nossa sociedade. Basta dar uma espiada nos comerciais de cerveja, em algumas novelas e revistas. Ao disseminar termos que denigrem as mulheres, permitir a objetificação do dos corpos delas e glamurizar a violência sexual, a cultura do estupro passa adiante a mensagem de que a mulher não é um ser humano, e sim uma coisa.

O que mais revolta é que casos terríveis dessa natureza não são inéditos no Brasil e, com toda certeza, não serão os últimos. Isso porque a legislação penal vigente no país é extremamente branda a com quem comete crimes, inclusive hediondos. E infelizmente, enquanto não houver punições mais rígidas contra esses monstros, os cidadãos de bem continuarão sendo violentados e sofrendo todo tipo de atrocidade.

Portanto, medidas precisam ser tomadas a fim de combater a cultura do estupro. É necessário São necessárias punições mais severas e investir investimentos em campanhas de conscientização da sociedade. A educação é fundamental. Em casa e nas escolas, os pais e professores devem ensinar as crianças desde pequenas o respeito ao próximo, campanhas contra pequenos atos e comportamentos que legitimam a violência contra a mulher. Assim, o Brasil será referência mundial em previnir prevenir o estupro.

Comentário geral

Texto excelente para os padrões que se exige de uma redação escolar. O autor soube desenvolver a dissertação, seguindo a ordem típica de introdução, desenvolvimento e conclusão. Apresentou argumentos em defesa de seu ponto de vista e criou um texto autônomo, que pode ser lido mesmo sem conhecimento prévio da proposta, porque esta se evidencia no desenrolar do próprio texto. Há poucos erros e de pequena significação, mesmo os trechos em vermelho, mais graves, não comprometem o conjunto.

Aspectos pontuais

1) Terceiro parágrafo: A frase em vermelha ficou solta, não está bem encadeada em termos lógicos e sintáticos com o resto do parágrafo. O autor queria comparar a situação do estupro com a do assalto e mostrar que, no caso da violência sexual, existe uma mentalidade que resposabiliza a vítma, mas ele não concatenou adequadamente as ideias.

2) Quinto parágrafo: mais um problema de sintaxe, de concatenação das ideias. Ficou faltando um verbo que introduzisse o trecho assinalado em vermelho. Exemplo: “os pais e professores devem ensinar as crianças desde pequenas o respeito ao próximo, deve haver campanhas contra pequenos atos e comportamentos que legitimam a violência contra a mulher”.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 200
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 200
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 200
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 200
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 200
Nota final 1000

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.